Em sessão plenária desta terça feira (06), os motoristas de aplicativos sofreram mais uma derrota no Maranhão. O projeto de lei 127/2017, de autoria do deputado Edilázio Júnior teve voto contrário da comissão de constituição, justiça e cidadania da casa.

O Presidente da comissão é o deputado Marco Aurélio. Ao ler o seu voto, o Presidente foi enfático ao dizer não à aprovação do projeto alegando que o parlamento estadual não tem competência para tal atribuição.

O deputado Edilázio Júnior rebateu as argumentações do presidente da comissão e destacou a importância do voto neste momento. O deputado Max Barros também foi contrário ao voto de Marco Aurélio. 

Após os debates a comissão de constituição e justiça da casa foi contrária ao projeto. O autor recorreu ao Plenário. 

6 de junho de 2017

UBER perde mais uma batalha na Assembleia Legislativa.

Em sessão plenária desta terça feira (06), os motoristas de aplicativos sofreram mais uma derrota no Maranhão. O projeto de lei 127/2017, de autoria do deputado […]
6 de junho de 2017

Governo Federal brinca com vidas no Campo de Periz

Não é de hoje que as condições da BR 135, trecho de Campo de Perizes, se encontram em condições perigosas de tráfego. A única BR que […]
5 de junho de 2017

Uber movimentou Assembleia Legislativa nesta segunda feira

A sessão plenária desta segunda feira (05) foi movimentada na Assembleia Legislativa com os debates envolvendo o Projeto de Lei que regulamenta os serviços do aplicativo […]
1 de junho de 2017

Projeto promete melhorias para o trânsito da região metropolitana. BRT é uma das novidades.

Projeto contempla Avenida Litorânea e Holandeses. O contrato de reestruturação das avenidas foi assinado nesta quarta feira (31), no Palácio dos Leões, pelo Governador Flávio Dino, […]