Segundo a revista ‘Veja’, o presidente Michel Temer acionou a Abin para encontrar informações sobre relator da Lava Jato; em nota, Planalto disse que não usa máquina pública contra cidadãos.
A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmen Lucia, divulgou nota neste sábado (10), em tom grave, mostrando indignação com a possibilidade de a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) estar investigando o ministro relator da Lava Jato, Luiz Edson Fachin.
Na nota, Cármen Lúcia disse que a possível “devassa” contra o ministro é “própria de ditaduras”. A presidente do STF também acrescentou que a Corte repudia, com veemência, “espreita espúria, inconstitucional e imoral contra qualquer cidadão e, mais ainda, contra um de seus integrantes, mais ainda se voltada para constranger a Justiça.”

Matéria do G1

11 de junho de 2017

Cármen Lúcia diz que possível ‘devassa’ contra Fachin é ‘própria de ditaduras’

Segundo a revista ‘Veja’, o presidente Michel Temer acionou a Abin para encontrar informações sobre relator da Lava Jato; em nota, Planalto disse que não usa […]
10 de junho de 2017

Tudo normal! TSE aprova a forma como ocorreu campanha de Dilma e Temer

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu nesta sexta-feira (9), a ex-presidente Dilma Rousseff e o presidente Michel Temer da acusação de abuso de poder político e […]
8 de junho de 2017

Relator da ação no TSE afirma que recurso não declarado em campanha é suficiente para cassação

Herman Benjamin disse nesta quinta-feira (08), durante o julgamento da cha0- “Dilma/Temer”, que a existência de caixa 2 é motivo suficiente para cassação do mandato. A […]
8 de junho de 2017

Santa Filomena vira alvo do programa “Sim, eu posso!”.

Da assessoria O Secretário Municipal de Educação de Santa Filomena do Maranhão, Francisco Hernamilson, recebeu nesta quarta feira (07) membros do MST que coordenará o programa […]