“O Maranhão perde um de seus grandes líderes”, diz o deputado Othelino Neto
2 de janeiro de 2018
LÁGRIMAS DOS HUMILDES REVELAM A GRANDIOSIDADE DE UM LÍDER
3 de janeiro de 2018

Humberto Coutinho: Conheça a trajetória do político que abriu as portas do Palácio dos Leões para Flávio Dino

Humberto Ivar Araújo Coutinho nasceu em 21 de agosto de 1946, no povoado Pedreiras, município de Matões, Maranhão. Formado em Medicina, em 1970, pela Universidade Federal da Bahia, desde 1971 começou a exercer a profissão pelo então INSS da cidade de Caxias e na Casa de Saúde e Maternidade de Caxias, hospital que criou e mantém até hoje, juntamente com sua esposa, a médica e ex-deputada estadual Cleide Barroso Coutinho.

Iniciou sua carreira política em 1988 como o vereador mais votado de Caxias, elegendo-se, logo a seguir, em 1990, deputado estadual, com reeleições sucessivas nos pleitos de 1994, 1998 e 2002.

Em 2004, foi eleito prefeito da cidade de Caxias, sendo reeleito em 2008 com a maior votação da história de um prefeito daquela cidade.

Enquanto prefeito, indicou e apoiou a esposa Cleide Barroso Coutinho como candidata a deputada estadual, eleita em 2006 e reeleita em 2010.

Todas as eleições de Humberto Coutinho sempre tiveram como base eleitoral as cidades de Caxias, Parnarama, São Domingos, Paraibano, Tuntum e Matões. Em 2014 ampliou as suas bases políticas, sendo votado, também, nas cidades de São Mateus, Aldeias Altas, Alexandre Costa e São João do Sóter.

Em 2014, Dr. Humberto, como é conhecido em suas bases eleitorais, retornou à Assembleia Legislativa como o deputado mais votado das oposições, obtendo 67.982 votos.

Ex-prefeito, ex-vereador e Deputado Estadual, a atividade política do Doutor Humberto sempre foi municipalista, trabalhando em perfeito entendimento com os prefeitos e vereadores para ajudar suas bases eleitorais,

Consolidado e reconhecido como grande liderança política do Maranhão, Humberto Coutinho foi eleito, em fevereiro de 2015, Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão e reeleito, por unanimidade dos seus pares, para o exercício do biênio 2017/2018.  Em novembro de 2016, ocupou o mais alto cargo do Maranhão, ao assumir interinamente, por cinco dias, o Governo do Estado.

Por: Agência Assembleia