“A crise está debelada”, A frase foi dita pelo Senador João Alberto (PMDB) ao jornal O Estado e publicada na noite deste sábado (20).

“Nada vai parar porque o que houve foi um erro de interpretação. Uma conversa acabou sendo mal-interpretada e tudo já está sendo esclarecido. Quanto às reformas, as análises retornaram tanto na Câmara quanto no Senado. A crise está debelada”.

Para o aliado incondicional de José Sarney, o fato de Michel Temer ter recebido a visita de um megaempresário alvo de cinco operações da Polícia Federal na calada da noite, no Palácio do Planalto, sem conhecimento público, não significa nada. Aliás, para ele, significa que o país tem interpretado mal as coisas.

Vale lembrar que a ilustre visita, Joesley Batista, pagou milhões de reais em propinas entregues para diversas autoridades públicas, inclusive a aliados do próprio João Alberto.

Ainda neste sábado o Ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, decidiu levar ao Plenário do Supremo a análise da petição elaborada pela defesa do Presidente Michel Temer. Os advogados pedem a suspensão do inquérito aberto para investigá-lo sobre suspeita de corrupção passiva, obstrução à justiça e organização criminosa.

 

20 de maio de 2017

Senador João Alberto disse que a crise acabou.

“A crise está debelada”, A frase foi dita pelo Senador João Alberto (PMDB) ao jornal O Estado e publicada na noite deste sábado (20). “Nada vai parar […]
20 de maio de 2017

Roberto Rocha afirma que o povo e a mídia estão sendo exagerados.

O Jornal O ESTADO publicou, no início da noite deste sábado, a seguinte matéria: Deputados e senadores do Maranhão são a favor de Temer não renunciar. […]
20 de maio de 2017

Temer não explica nada e usa pronunciamento só para atacar.

O marketing pode ter orientado o não uso da palavra golpe!  O Presidente Michel Temer realizou mais um pronunciamento, na tarde desse sábado (20), em Brasília, sobre […]
20 de maio de 2017

Grana da JBS molhou a mão de 16 governadores, segundo Ricardo Saud. Flávio Dino não aparece na lista divulgada.

Após ser agraciado com os benefícios da delação premiada, Ricardo Saud, diretor de relações instituições da JBS, soltou mais informações reveladoras para a Lava Jato. Segundo Saud, […]